Sítios de Arte Rupestre do Vale do Côa

 

                                                                                                                              

      Os sítios de arte rupestre do Vale do Côa ficam localizados ao longo das margens do Rio Côa no concelho de Vila Nova de Foz Côa, mas também nos concelhos de Figueira de Castelo Rodrigo, Meda e Pinhel. Este lugar constitui o mais antigo e o mais raro registo humano em arte rupestre gravado em rocha no mundo e que são datadas no período do Paleolítico Superior entre 22000 a 10000 a.C. Este espaço, em 1994, ficou mais rico com o achado do maior complexo de arte paleolítica a céu aberto conhecido até aos nossos dias, contribuindo assim, para a candidatura a Património Mundial da Humanidade pela UNESCO. Há cerca de 20 000 anos, o ser humano gravou neste local milhares de desenhos que representam cavalos e alguns animais bovídeos nas rochas xistosas ao longo do Vale do Côa. 

 

 Um bovídeo

 

    Desde Agosto de 1996 que o Parque dá a oportunidade que as pessoas possam ver alguns destes elementos raros de arte rupestre. Existe uma forte possibilidade de existirem milhares de figuras deste período no qual o seu estudo poderá demorar anos ou décadas. Estas gravuras têm como suporte superfícies em xisto e com a sua exposição a nascente. A dimensão das gravuras tem entre 15 e 180 cm mas existem em grande número figuras entre 40 e 50cm e feitos com traços largos em sua grande maioria. As formas usadas para o desenho das figuras era a picotagem e o abrasão.

 

 

 Desenho de um cavalo

    

    Os animais desenhados nas rochas aparecem isolados ou associados uns com os outros formando grandes painéis. O Parque foi visitado em 2007 por 16.500 pessoas. No Parque, em Março de 1995, tinham sido localizados 14 locais e são eles os Núcleos de Arte Rupestre da Broeira, Rego de Vide, Faia, Vale Alfonsinho, Vale dos Namorados, Vale dos Moinhos, Teixugo, Quinta dos Poios, Meijapão, Fonte Frieira, Penascova, Carbina, Ribeirinha, Quinta do Fariseu e Quinta da Barca. Existe alguns lugares em vias de classificação a Monumento Nacional como os Núcleos de Arte Rupestre da Canada da Moreira, Canada do Amendoal, Vale de Cabrões, Vermelhosa, Foz do Côa, Vale de José Esteves, Alto da Bulha e Vale do Forno. Todos estes locais são de fácil acesso e é possível realizar visitas guiadas tanto as gravuras como a um museu sobre as figuras existentes.

 

 Outro bovídeo